Grupos de Pesquisa

NELLPE (Núcleo de Estudos de Literaturas de Língua Portuguesa e Ética)

nellpe_redO NELLPE (Núcleo de Estudos de Literaturas de Língua Portuguesa e Ética) é um grupo de pesquisa certificado pelo CNPq, com sede na Universidade de São Paulo. Coordenado pela Profa. Dra. Lilian Jacoto, é composto de pesquisadores e estudantes de pós-graduação em Literaturas de Língua Portuguesa, e tem o objetivo de reunir projetos de análise de textos literários da modernidade no horizonte hermenêutico-simbólico da Ética. São de seu interesse questões relacionadas à constituição ética do sujeito, da autoria e da alteridade na expressão literária. Trata-se, portanto, de um grupo de estudos interdisciplinares e transnacionais, uma vez que se abre a uma discussão extensiva a diferentes áreas das Ciências Humanas e acolhe projetos das diversas literaturas da lusofonia.

Poem. Grupo de Estudos Poéticas e Escritas da Modernidade

poem_azulO Grupo de Pesquisa Poéticas da Modernidade integra uma rede internacional de pesquisa dedicada ao estudo de Poesia,  sobretudo a da Modernidade, denominada Poéticas da Modernidade. Composta por Grupos de Pesquisa das Instituições:  Faculdade de Letras da Universidade do Porto (liderado pela Profa. Dra. Rosa Maria Martelo e financiado pela Fundação  para a Ciência e a Tecnologia) e Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (liderado pelo Prof. Dr. José Carlos  Seabra Pereira), essa rede de pesquisa tem como objetivos: 1) estudar as poéticas da modernidade e fora desta dita  modernidade as conjunturas e sensibilidades literárias que permitiram gestar aspectos posteriormente incorporados e/ou reelaboradas por aquelas poéticas; 2) estudar as questões específicas da modernidade, seja quanto a temas, seja quanto às questões estético-formais; 3) estudar as reflexões teóricas (auto)denominadas de “da modernidade” e “da pós-modernidade”; 4) estudar as leituras da modernidade, no contexto ensino-aprendizagem-formação de leitores; 5) valorizar o professor junto à comunidade através da ligação entre a ciência acadêmica e ensino fundamental e médio.

Gambiarra

gambiarraO Grupo de Estudos Gambiarra faz parte do Projeto Autor por Autor: A Literatura e História portuguesas à luz do teatro. Iniciado em 1997, e subordinado à linha de pesquisa "Texto. Contexto. Intertexto" do Programa de Pós-Graduação em Literatura Portuguesa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, o Projeto, sob coordenação da Profa. Dra. Flávia Maria Corradin, objetiva
a) o exame de textos teatrais (ou de forte cunho dramático) cujo tema e/ou motivo seja(m) a vida e/ou a obra de autores portugueses;
b) o exame de textos teatrais (ou de forte cunho dramático) cujo tema e/ou motivo seja(m) aspectos, fatos ou personagens da História portuguesa;
c) a utilização de técnicas e recursos teatrais no ensino da Literatura e História portuguesas.
Portanto, o Projeto desenvolve-se em duas vertentes:
a) a releitura da vida e obra de autores da Literatura Portuguesa e/ou episódios e personagens da História feita por outros criadores, especialmente dramaturgos. O intuito é o de rever conceitos críticos vigentes na bibliografia crítica, em torno de autores, obras, temas, além de divulgar a dramaturgia contemporânea portuguesa;
b) contribuir didática e metodologicamente para o ensino da Literatura e História portuguesas, apresentando de forma criativa a vida e obra de autores ou personagens históricos. Para esta vertente, o Projeto criou o Grupo de Estudos Teatrais Gambiarra, sob a direção do Prof. Dr. Francisco Maciel Silveira e coordenação da Profa. Dra. Flavia Maria Corradin.

Grupo (Pt. Oriente) Portugal e o Oriente: Literaturas, Línguas e Culturas

GIFlogoColorLargeO Grupo (Pt. Oriente) Portugal e o Oriente: Literaturas, Línguas e Culturas foi formado em 2010, no decorrer das  repercussões do Congresso "Visões de Macau e do Oriente nas Literaturas de Língua Portuguesa: Medos e Seduções",  sediado em Florença, Itália e das atividades da líder do Grupo no projeto "Orion. Portuguese Orientalism in literature and  other arts (19th - 20th centuries)", inserido no Centro de Estudos Comparados da Universidade de Lisboa. Buscou-se  integrar pesquisadores de diferentes Áreas e Programas com o objetivo de se estabelecer uma abordagem de investigação sobre as relações entre Portugal, o Oriente e outros espaços, que identifique suas dimensões artísticas, culturais e políticas. O Grupo é interdepartamental, integrando o DLCV e o DLO. Espaços como Goa, Macau e Timor, entre outros, passaram a ter relevância ímpar às interfaces culturais de uma geografia que não se dá em continuidade terrestre, mas sim como pontos importantes de rotas marítimas. Com o fim dos impérios europeus e asiáticos, no século XX, faz-se necessário o surgimento de novos olhares para os processos interculturais que envolvem essas regiões. Em 2011, parte dos integrantes do Grupo participaram do III Simelp, em Macau. Neste mesmo ano, o Grupo apresentou-se em Congresso do DLCV sobre estudos interdisciplinares.

Grupo de Pesquisa Autoria Feminina

LogoGrupoAutoriaFemininaO grupo estuda textos literários de autoria feminina, sobretudo da segunda metade do séc. XX, a partir de uma abordagem teórica diversificada, para além dos estudos de gênero e crítica feminista. A proposta do grupo é a releitura de discursos não-hegemônicos, desfazendo estereótipos criados pela crítica patriarcal até há pouco tempo dominante na academia. Pretende-se fomentar o debate acerca da escrita de autoria feminina em seus contextos de produção: as relações entre mulher, história e sociedade e a formação de uma identidade social, bem como as questões como gênero e ruptura, erotismo, alteridade e subversão, sem descurar do elemento estético dos textos estudados, já que não se trata de restringir a literatura a um campo estreito de visão, sexista ou misândrica, incorrendo no mesmo reducionismo de até então. O enriquecimento das discussões sobre as representações literárias da mulher e das singularidades referentes à ação das escritoras passa pela abertura interdisciplinar, através da participação de pesquisadores vinculados a outras áreas de pesquisa das Ciências Humanas, eventualmente convidados a participarem das reuniões do grupo.

Grupo Estudos Pessoanos 

​​​​​​​​​​​​​​ image 4 Certificado junto ao Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq, tem seu núcleo situado na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde estudantes de Graduação e Pós-Graduação realizam suas pesquisas sobre Fernando Pessoa. Os projetos associados recebem financiamento individual de diferentes fontes, sendo as principais FAPESP, CNPq e CAPES. Com o propósito de balizar-se em perspectivas distintas, bem como o de mesclar juventude e experiência, alguns de seus integrantes são pesquisadores convidados de centros de pesquisa brasileiros e estrangeiros. ​​​​​​​

​​​​​​​Grupo Eça

Logo Grupo Eça O Grupo Eça tem por finalidade estudar a obra do escritor português Eça de Queirós, assim como sua fortuna crítica. Privilegiando uma abordagem de fundamentação marxista, mas aberto a outras abordagens, o grupo pretende reler a obra queirosiana, tomando por pressuposto que o autor de Os Maias foi sempre um crítico ferrenho da burguesia e da aristocracia portuguesas, mesmo em seus últimos trabalhos. Além disso, o grupo também pretende discutir as leituras canônicas do escritor, que, a partir de certas fases de sua obra, fizeram dele ora um autor romântico, ora um aristocrata fin-de-siècle, ora um estilista da língua portuguesa, entre outras personas que lhe foram atribuídas.

Pensando Goa

Logo Pensando GoaO presente projeto tem por foco reescrever a história da literatura de língua portuguesa de Goa, antiga colônia do império português na Índia, privilegiando, por um lado, suas relações com as demais manifestações culturais, intelectuais e artísticas daquela sociedade e, por outro, as relações que hoje podemos estabelecer entre essa literatura e outras (aquelas de língua portuguesa ou mesmo a literatura indiana de língua inglesa, entre outras), assim como entre o contexto cultural em que se forjou e outros contextos culturais correlatos. Se alguns importantes trabalhos já se dedicaram à tarefa de escrever um esboço da história da literatura de Goa, ainda não se investigou sua efetiva extensão e não foram realizadas análises mais detidas das obras que hoje a constituem, sobretudo em sua relação com a realidade daquela antiga colônia. Também existem pouquíssimos trabalhos comparativos, relacionando a literatura e o contexto histórico e cultural goês com outras literaturas e outros contextos culturais e intelectuais. Em termos pragmáticos, o projeto objetiva: 1) a catalogação e reprodução exaustivas (sempre que possível) da literatura e da produção da imprensa goesa de língua portuguesa, assim como a complementação do inventário do patrimônio artístico goês de matriz indo-portuguesa já existente; 2) a redação de uma história da literatura goesa de língua portuguesa que atribua sentido àquela produção artística no âmbito do cotidiano intelectual daquela comunidade, assim como explore os diversos sentidos que hoje essa produção literária e seu contexto cultural podem ganhar em sua relação com outras literaturas e outras culturas, dando preferência àquelas dos países de língua oficial portuguesa; 3) o estreitamento e o fortalecimento das relações acadêmicas entre Índia e Brasil na área de Letras, em particular as relações entre a Goa University e a Universidade de São Paulo.