Adma Fadul Muhana

 

foto adma muhana

 

​​​​​​​Docente do programa

 

e-mail: adma@usp.br

currículo lates: clique aqui

Doutora em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1996). Professora livre-docente da área de Literatura Portuguesa da Universidade de São Paulo (2011). Pós-doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (2012) e no CRIA-ISCTE (2017-2018). Atua principalmente nas seguintes grandes áreas: poética, retórica, literatura portuguesa antiga, literatura brasileira colonial, prosa e poesia dos séculos XVI e XVII, Antonio Vieira.

 

linha de pesquisa canones

 

projeto de pesquisa

2020 - Atual As Reflecçoens declarativas do procedimento do Arcebispo de Goa (1725). Um escrito ligando quatro partes do mundo

Descrição: Nosso principal objetivo é analisar o documento manuscrito escrito na Bahia em 1725, intitulado Reflecçoens declarativas do procedimento do Arcebispo de Goa, o qual trata de polêmicas havidas na Índia entre o Arcebispo de Goa, D. Inácio de Santa Teresa, e as diversas ordens religiosas ali atuantes, especialmente a Companhia de Jesus. Essa análise destaca a estruturação retórica do manuscrito (argumentos, disposição, elocução) e identifica as formulações linguísticas que propiciam o entendimento recíproco das configurações literárias entre domínios portugueses geograficamente distantes (tradução mútua de termos indiáticos, africanos e brasileiros). Discute também o gênero polêmica religiosa, localizando a condição do público leitor, não anônimo mas pertencente aos estratos administrativos e eclesiásticos do império e fixando as instituições autorizadas de saber e escritura em que os manuscritos da polêmica podiam circular em finais do século XVII e princípios do XVIII, tanto no Brasil como no Estado da Índia, quais sejam, as academias, os colégios e as universidades.

2019 - Atual Transfer of knowledge and works in the viceregal archive of the Indies

Descrição: O projeto é um dos aprovados pela Unión Iberoamericana de Universidades (UIU), composta pelas universidades Complutense, Universidade de Barcelona, Universidade de Buenos Aires, Universidade Nacional Autônoma de México (UNAM) e USP. Tem como finalidade analisar os processos de transferência de conhecimentos, escrituras, técnicas e patrimônio entre o Novo e o Velho Mundo nos séculos XVI y XVII, assim como os fenômenos de adaptação, simbiose e mestiçagem que experimentam, com vistas a sua integração no arquivo europeu e americano. Aqui, entendemos arquivo em um sentido amplo, não só em seu sentido mais positivista, enquanto repositório de documentos e de dispositivo para ai imposição do poder imperial, senão nas acepções de ?lugar da memória? e de ?metáfora epistêmica? que permite a interpretação ?arqueológica? dos saberes. A coordenação geral do Projeto está centrada na pessoa da profa. Esperanza López Parada, da UCM, cabendo a nós a coordenação do projeto na USP.